18 de abr de 2013

MUDANÇA INTERIOR

Comprar uma roupa nova, cortar ou pintar os cabelos, frequentar uma academia, fazer uma dieta, são todas mudanças externas, que melhoram o nosso visual e aumentam a nossa autoestima. Mas, tudo isso funciona por um tempo. Depois, passamos novamente a encontrar falhas, defeitos em nosso jeito de ser ou aparência.

Não há mudança significativa se estas não começarem pelo nosso modo de pensar. Muitas pessoas são negativas, acreditam que não são capazes, que o mundo é ingrato e que as pessoas não tem valor. Esta forma de pensar não produz resultados positivos e duradouros. Por isso comece por fazer um esforço em analisar e aceitar pontos positivos na tua personalidade. Que habilidades possui e que outros admiram? Que elogios recebes e que muitas vezes menospreza? O que há de interessante na vida que fazem as pessoas sorrirem, cantarem e se divertirem? O que podes encontrar neste meio que te satisfaça? O que há de positivo, digno e bondoso nas outras pessoas?

Os pensamentos não mudam, se não forem questionados. Por isso pergunte-se: O que digo a mim mesmo quando estou com ciúmes? Quando estou com medo? Quando sinto inveja? Quando me sinto inseguro? Ou ainda, quando não me saí muito bem em alguma coisa? Encontre pontos positivos em você mesmo. E lembre-se: ninguém é perfeito. É obvio que alguns pensamentos negativos ganharam força em sua mente, porque você os repetiu ao longo do tempo. Agora, faça um movimento contrario. Pare imediatamente, toda vez que pensar de modo negativo e diga a você mesmo algo de bom e saudável.

Quando tiveres alcançado gradativamente esta nova forma de pensar, vais notar que és a pessoa mais bela, digna e feliz na terra. Não porque outros dizem isso para você, mas porque você diz isso a você mesmo. Não mais seguiras os modelos falhos deste mundo, mas aceitaras e seguiras o modelo que acreditas ser: você mesmo.

Jorge Samaritano Fortes da Silva
Psicólogo: CRP 07/12934
Especialista em Dependência Química
Tel. (51) 9196-3416 e (51 8301-0636

Um comentário:

  1. Maravilhoso texto temos que nos amar primeiro a mudança não pode começar por fora mais sim por dentro, Samy beijos.

    ResponderExcluir